Após impeachment, Dilma tem vida reservada no RS

A ex-presidente Dilma Rousseff, desde que foi afastada do seu cargo, parece levar uma vida muito tranquila. Ela recebeu a reportagem da Folha de S. Paulo em sua casa, que pode comprovar o estilo de vida 'low profile' da ex-chefe de Estado.
"Dona Dilma" mora num apartamento em Porto Alegre de uns 70 metros quadrados no primeiro piso, com móveis amontoados, mais uns cerca de 50 metros quadrados no piso superior, localizado no bairro Tristeza, onde mora na capital gaúcha.
Segundo descreveu a Folha de S. Paulo, a casa é repleta de livros e ainda conta com um espaço de uns dois metros, que esconde a pequena área onde faz exercícios. Dilma se exercita diariamente sozinha. Depois, roda de bicicleta pelas ruas do bairro, ao lado de dois seguranças.
A ex-presidente desenvolveu LER (Lesão por Esforço Repetitivo) de tanto andar sobre duas rodas, hábito cultivado nos tempos de Presidência. Mas não dá sinais de que pretende parar.
A repórter pergunta se não é estranho morar ali, num apartamento típico de classe média, após viver em palacetes por 5 anos.
Não. O Lula até me disse: 'para que você precisa de um lugar grande? Fica num pequeno mesmo'", respondeu Dilma.
Durante a conversa Dilma fala da vida tranquila que tem levado, com visita do neto mais velho, Gabriel e da possibilidade de por sua leitura em dia. Ela não fala do seu sucessor Michel Temer com raiva, nem nota-se rancor por parte de Dilma, quando se refere ao seu algoz, Eduardo Cunha.
Quase no fim da conversa, Dilma Rousseff pergunta: "Será que eles podem ler livros lá na prisão?". A ex-presidente não diz o nome Lava Jato, mas claramente se refere aos detidos pela operação. (NM). Foto: ABr
Share on Google Plus

About Valéria Reis

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário