Gastos com cartão corporativo em 4 meses superam o 1º semestre

Apesar do discurso de contenção de gastos, o governo do presidente Michel Temer já gastou mais de R$ 24 milhões com os cartões corporativos. O valor, referente ao período entre julho e o dia 4 de novembro, ultrapassa os R$ 22 milhões gastos em todo o primeiro semestre de 2016.
A publicação no Portal da Transparência só ocorreu após uma matéria da CBN revelar que as despesas com o cartão corporativo no governo Temer estavam sem atualização desde julho. 
Em média, são gastos entre R$ 4 mi e R$ 5 mi por mês. Para o economista Paulo Brasil, se o governo propõe uma PEC que limita os gastos públicos, também precisa cortar na própria carne. 
"Quando se faz propostas como essas, de contenção de gastos, é importante que quem propõe faça o dever de casa. Na minha opinião, o ideal é que esse custo seja zerado. Isso mostraria a importância e a seriedade com que o governo está tratando o assunto", disse o economista à CBN.
O órgão do governo federal que mais gastou com os cartões corporativos foi justamente a Presidência da República - com R$ 12 milhões, cerca de 40% do total gasto. Em seguida, aparece o Ministério da Justiça - onde as despesas somaram R$ 11 milhões.
A discriminação do que foi adquirido com os valores estão sob sigilo. Desde o início do governo Temer, 48% de todas as despesas com o cartão corporativo não podem ser acessadas porque estão classificadas como sigilosas. Isso sem contar os saques que são feitos sem a publicidade das compras. (NM). Foto: ABr
Share on Google Plus

About Valéria Reis

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário