CCJ aprova por dez votos a zero projeto que cassa mandato de Mario Jardel

Por dez votos a zero, a CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Assembleia aprovou o PR (Projeto de Resolução) da Comissão de Ética Parlamentar determinando a perda de mandato do deputado Mário Jardel (PSD). Ao final, o presidente da Comissão, deputado Vilmar Zanchin (PMDB) confirmou o encerramento do processo dentro da CCJ, após três sessões extraordinárias.
“Oportunizamos a manifestação de todos os parlamentares, bem como à defesa do parlamentar. A partir de agora, encaminharemos todo o expediente à presidência da Casa, que tomará a decisão de pautar esta matéria já na próxima sessão, se for este o entendimento”, anunciou.
Sobre a possibilidade de mais alguma ação por parte do defensor de Jardel, Zanchin disse que o advogado “teve sua oportunidade dentro da Comissão de Ética e na Subcomissão Processante. Nós, igualmente dentro desta Comissão, proporcionamos espaço para suas considerações e argumentos. Assim, a Casa deu total apoio no sentido de que o deputado pudesse fazer sua defesa. Em momento algum houve negação a este direito”, considerou Zanchin.
Além de Zanchin, deliberaram pela cassação do deputado Mário Jardel Almeida Ribeiro, os deputados Elton Weber (PSB), João Fischer (PP), Sérgio Turra (PP), Maurício Dziedricki (PTB), Gabriel Souza (PMDB), Luiz Fernando Mainardi (PT), Jéferson Fernandes (PT), Vinícius Ribeiro (PDT) e Manuela d Ávila (PCdoB). Foto: Agência AL/AL
Share on Google Plus

About Valéria Reis

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário