Nova fase da Lava Jato mira deputado gaúcho e ministro do TCU

A nova fase da Lava Jato, operação que investiga irregularidades relacionadas a Petrobras, mira o deputado federal Marco Maia (PT-RS) e o ministro do Tribunal de Contas da União, Vital do Rêgo, segundo informações da Folha de São Paulo. Nesta segunda-feira, agentes da Polícia Federal (PF), da Receita Federal e do Ministério Público Federal (MPF) estiveram na casa de Maia, localizada em um condomínio no bairro Estância Velha, em Canoas, na região Metropolitana. 
A operação, chamada de Deflexão, foi deflagrada em outras quatro cidades além de Canoas: Brasília, Campina Grande, João Pessoa e Porto Alegre. Conforme a Folha de São Paulo, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, autorizou a busca e a apreensão para coleta de provas na casa do parlamentar gaúcho e do ministro. Nove mandados judiciais foram cumpridos. 
O jornal recordou que a investigação começou ainda no mês de maio e foi fundamentada no delação do senador Delcídio do Amaral, que cita envolvimento de Rêgo e Maia na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI). O ministro e o parlamentar eram, respectivamente, presidente e relator da CPI. Delcídio teria afirmado que os dois seriam responsáveis pela cobrança de "pedágios" para beneficiar empreiteiros e não chamá-los para serem questionados.  
Conforme investigações da Lava Jato, Vital do Rêgo teria solicitado R$ 5 milhões a empreiteiros para campanha no governo da Paraíba. Já Marco Maia, teria recebido mais de R$ 200 mil em propina, dinheiro que teria sido entregue por Júlio Camargo. 
O nome da operação faz referência ao verbo defletir, que significa provocar mudança ou alteração no posicionamento normal de algo. Uma alusão ao fato de que, mediante propina, empreiteiros investigados passaram à condição de blindados de uma eventual responsabilização.
A reportagem doCorreio do Povo entrou em contato com a assessoria de imprensa de Marco Maia, que informou que a operação ainda é muito recente para o deputado de pronunciar. Ao longo do dia, a equipe de Marco Maia deve divulgar uma nota sobre a operação. (Rádio Guaíba e Correio do Povo Foto: Alvaro Gromann

Share on Google Plus

About Valéria Reis

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário