Manifestantes tentam impedir fala de Moro em palestra em Nova York

Um grupo de manifestantes tentou impedir uma fala do juiz Sergio Moro, responsável pela Lava Jato, em uma palestra na Universidade Columbia, em Nova York (EUA), nesta segunda-feira (6).
Moro é um dos convidados do evento para discutir governança e combate à corrupção no Brasil, que ocorre até amanhã. O procurador da Lava Jato Paulo Roberto Galvão e a presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Cármen Lúcia, também estão na lista de palestrantes. A ministra não confirmou sua participação.
O protesto contra Moro começou logo que ele entrou no auditório. Da plateia mulher começou a gritar acusando o juiz de ser "enviesado". Com faixas, um grupo a acompanhou com vaias e grito de "bias" (viés, em inglês).
Aparentemente constrangido, Moro aguardou no palco o grupo ser retirado. A palestra foi iniciada.
Antes de o evento começar, cerca de dez estudantes e professores protestaram com cartazes na frente da universidade.
O grupo afirma que o evento mostra apenas um lado da situação política brasileira atual.
"Sugerimos outros nomes [de palestrantes], que também se posicionam contra a Lava Jato, mas eles não aceitaram", diz a carioca Luiza Nassif, 29, estudante de economia da New School, que também organiza a palestra em parceria com Columbia. Com informações da Folhapress.  (Folhapress) Foto: José Cruz/ABr
Share on Google Plus

About Valéria Reis

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário